Morando Sozinha - Como Começar a Se Organizar?

terça-feira, abril 28, 2015

Olá meus amores, como estão? Tudo belezinha? Espero que sim. 
 
Hoje vim com uma novidade bem legal pra vocês. Vou começar uma nova série de posts aqui no blog com o tema Morar Sozinho, Morar Com Amigos (república) e Morar Com o Namorado. Quem acompanha o blog sabe que a pouco tempo eu mudei de estado (de SP para MG) pra cursar a faculdade. Comecei morando em república e agora moro com meu namorado a quem vou me referir como LF, nós temos uma cachorrinha que adotamos juntos na primeira semana aqui na nossa casa, o nome dela é Pandora. Vou tentar com essa série de posts desconstruir essa ideia de que pra morar sozinho precisa ter rios de dinheiro, pretendo também ajudar o pessoal que quer morar no seu próprio cantinho e quem já mora sozinho.

O primeiro post da série Morando Sozinha é Como começar a se organizar para ir morar sozinho. Nele dou dicas de como você pode/deve começar a se organizar pra sair finalmente da casa dos seus pais e morar no seu próprio cantinho. Então vamos sem enrolação, aqui vão minhas dicas de tudo o que eu precisei aprender pra vir morar sozinha, bora lá!

1 – Pense Bem



Pense bem se é isso mesmo que você quer pra sua vida agora. Pense se está preparada pra sair da casa dos seus pais ? Você acha que tem responsabilidade pra isso? Você sabe fazer o básico pra sobreviver sozinha (cozinhar, lavar suas roupas, arrumar sua casa e etc)? Se você acha que é esse o momento certo, e você se sente preparada é um sinal de que você está indo pelo caminho certo. Mas se não se sente segura com alguma coisa é melhor pensar bem.

*Morar sozinho não é um bicho de 7 cabeças, sempre tem o Google pra ajudar na hora de cozinhar ou de fazer qualquer outra tarefa. Ir sem saber fazer nada torna as coisas um pouco mais difíceis, mas isso não quer dizer que você não consiga.

2 – Tenha Dinheiro



Ok, você quer morar sozinha, tem responsabilidade e sabe se virar legal. Agora você tem que ter uma grana pra sair da casa dos seus pais. De começo você vai precisar ter o dinheiro do primeiro aluguel/entrada + dinheiro pra comprar a mobília e utensílios de emergência, que são as coisas mais básicas que uma casa precisa, dinheiro pra comprar comida e uma reserva pro caso de (com certeza) você esquecer de comprar algo importante. Você precisa ter um trabalho ou alguma fonte de renda fixa pra se manter na sua nova casa porque se você não tiver isso nem adianta sair da casa dos seus pais, com certeza vai voltar pra lá com o rabinho entre as pernas.

3 – Começando as Buscas



Você já pensou muito sobre o assunto, você é independente (financeiramente) e responsável pela sua própria vida. Tem emprego/fonte de renda tudo certinho. Agora começa a parte difícil, encontrar uma casa/Ap pra você.

Dica 1: Estabeleça um teto (R$) para o seu aluguel ou suas mensalidades (no caso de você estar pensando em comprar um imóvel).

Dica 2 : Com esse teto em mãos comece a procurar pelo seu novo cantinho, você pode olhar em sites, jornais (na parte dos classificados), grupos no Facebook (procure grupos no estado/cidade/bairro que você quer morar), imobiliária, etc. Se você for alugar sua nova casinha/Ap eu aconselho a tentar conversar direto com o proprietário quando possível, imobiliárias encarecem horrores o imóvel.

Dica 3: Seja chata esse vai ser seu novo lar, onde você vai morar, cada centímetro do lugar deve ser do seu agrado, se você não gostar de alguma coisa na casa/Ap saia e continue procurando. Nunca deixe o cansaço ou a ansiedade vencerem você e confiem em mim quando digo, vai chegar um momento que você cansa de tanto olhar casas por aí.

Dica 4: Estabeleça prioridades, você quer sua casa mais perto ou longe do centro da cidade, ou você preza mais a beleza da casa? O conforto é o principal? Pense em tudo isso antes de fechar qualquer contrato.

* No meu caso, eu tinha um prazo pra encontrar uma casa ou um Ap, o prazo era curto e eu precisava que a casa fosse no centro da cidade (a localização era o fator mais importante). Eu andei bastante, conversei com dezenas de proprietários e visitei várias casas e apartamentos, até encontrar uma que me agradasse no valor, na localização e na aparência, tudo isso dentro do prazo. Missão cumprida!

4 – Burocracias




Essa é uma parte meio chatinha, você deve conversar com o proprietário antes do contrato ser redigido ou ler ATENTAMENTE cada parágrafo dele (caso exista um modelo pronto). Você vai estabelecer a data de vencimento do aluguel/parcelas da compra da casa, conversar sobre futuras mudanças no imóvel como pinturas e etc. Tudo deve estar especificado no contrato. No caso de aluguel, atente-se também ao tempo de validade do contrato, se ele será semestral, anual, etc.

5 – Comprando os Móveis




A primeira coisa a se fazer aqui é uma lista de móveis essenciais numa casa, parece simples mas não é. As prioridades vão depender de pessoa pra pessoa e é com quase 100% de certeza que eu digo que vai faltar muita coisa aí. Aqui fica uma listinha das coisas mais básicas numa casa, tudo pode ser editado de acordo com a realidade de cada pessoa. Aqui em casa ainda faltam váááárias coisas, desde básicas como o guarda-roupas e uma mesa de estudos (que é indispensável pra estudantes) quanto as que podem “ficar pra depois” como a mesa da cozinha e criados mudos.

LISTA AQUI

* Se você não for mudar de estado como eu mudei, vale se possível fazer uma campanha na família e ir arrecadando móveis que podem estar “sobrando” na casa dos seus parentes. Talvez um sofá na casa da sua tia, ou um criado mudo que um tio não usa mais, isso ajuda a riscar vários itens da sua lista e faram uma diferença enorme na sua casa nova.

5.1 - Os Objetos e Utensílios



Aqui seguimos o mesmo raciocínio dos móveis, faça uma sondagem na casa dos seus pais, veja o que eles mais usam e o que fica encostado no armário. Se você conseguir doação de algum parente também é super válido. E também fica aqui uma listinha de coisas que provavelmente você vai precisar:

Abridor de latas
Bacia de plástico
Concha
Coador de café
Colhere de pau
Escumadeira
Espremedor de alho
Espremedor de laranja/limão
Escorredor de arroz
Escorredor de massas
Escorredor de pratos
Faca para pão
Forma para bolo com buraco no centro
Forma redonda para bolo
Forma de pizza
Frigideiras
Funil
Garrafa plástica para água (compramos uma só, porque depois você usa garrafa de refri mesmo)
Jogo de facas para cozinha
Jarra de suco
Leiteira
Lixeira
Panelas de vários tamanhos. (compramos 3 e da pra se virar bem)
1 panela de pressão
1 frigideira pequena
1 frigideira
grande
Pegador de macarrão
Potes de mantimentos
Porta-talheres
Panos de prato
Relógio de cozinha
Saladeira
Talheres de cozinha
Tábua para carnes
Tesoura para cozinha
Tupperware (Vááááários)

Jogo de pratos de sobremesa
Jogo de pratos fundos
Jogo de pratos rasos (não serve pra nada)
Jogo de copos
Fruteira

Conselhos da Tia: Não queira comprar tudo de uma vez, a não ser que você tenha muuuuita grana guardada, você não vai conseguir comprar tudo numa tacada só. O segredo aqui é separar tudo por prioridades e ir comprando aos poucos, uma coisinha a cada mês e quando você menos esperar já vai ter passado das coisas básicas para os artigos de decoração.


Bom galera é isso, o primeiro post termina aqui. O próximo post vai ser sobre a rotina em casa e as obrigações do lar. Espero que o post tenha ajudado vocês. Faça um comentário com a sua opinião e curta a Fanpage do blog . Um grande beijo e até a próxima.

Talvez você goste!

6 comentários

  1. Adorei o post, super bacana. eu em breve estarei indo morar sozinha "digo sem mãe e nem pai", vou me casar e já estou doidinha pensando na possibilidade de me virar com tudo!

    Passa lá?
    nacaoesmaltada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é menina, é mesmo uma correria e uma trabalheira danada. Mas no fim vale super a pena, principalmente se for pra realizar um sonho de liberdade ou de morar com quem a gente ama né ❤. Obrigado pelo carinho, um beijo.

      Excluir
  2. Nossa seu post foi super útil, a um tempo eu já estava considerando a ideia de ter um cantinho só meu, mas não sabia direito por onde começar. Ajudou muito!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que meu post tenha te ajudado Roh. Um grande beijo ❤.

      Excluir
  3. Uma grande responsabilidade, gostei mt das dicas, outra dica eh não se desesperar pra ter tudo em casa, vai comprando aos poucos pra não se dar mal! Achei seu blog pelo grupo do Face, te convido a conhecer o meu. E se gostar e seguir me dando uma forcinha, ctz retribuo o carinho!
    www.makeolatras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo Bia, uma responsabilidade enorme. Essa dica que você deu também é ótima e muito útil. Obrigado pelo carinho, e pode deixar que vou lá conhecer seu cantinho ❤.

      Excluir